Arquivo do dia: 03/09/2009

02 de setembro – Pizzaria Parola

DSC05485reduzida

Adiei a academia para amanhã e fui direto para a Pizzaria Parola que nem imaginava mais existir. Encontrei-a em novo endereço: Rua Arthur Lucchesi 730, bairro Santa Helena, 3336-0038, na esquina com a Via do Minério, com um forno a lenha pronto para servir quarenta mesas, com paredes enfeitadas com fotos e mapas da Itália, o andar térreo de estacionamento e uma varanda voltada para o barulhento trânsito da hora do rush.

Quando estive lá, décadas atrás (Danilo sempre lembra que começar a contar o tempo em décadas é sinal de velhice), era comandado pelo velho Parola que hoje descansa na sua confortável aposentadoria, deixando para o filho, o atual comando e para a esposa o trabalho de preparar toda a massa que é servida; funcionava na Visconde de Ibituruna, no Barreiro.

Neste Barreiro que é a mais antiga região da capital com seus 154 anos, que detém a maior área verde de BH, que é a maior região com seus 300 mil habitantes e que sempre significou para mim apenas um lugar para trabalhar e do qual eu queria distância quando não estava trabalhando.

Não quis arriscar nada e, depois do chopp da Brahma, pedi uma pizza a portuguesa, pequena, com borda de cheddar, deixando de lado as lazanhas, os rondellis, os canelones, as conquilhas, os raviólis, os nhoques, os spaguetes, os talharins e os penes. Deixei de lado, ainda, o salmão e surubim com alcaparras, a taríra sem espinho, os filés, os petiscos e as saladas.

O primeiro quarto da pizza estava perfeito e optei por comer sem azeite; ao comer o segundo quarto percebi que tinha errado com o meu pedido de borda de cheddar (muito forte se sobressai em demasia à pizza) e deixei-a inteira no prato; no terceiro quarto, já com a ajuda do azeite, foi a vez do bacon se mostrar em pedaços muitos grandes e cru, indo fazer companhia às bordas; comi apenas a cobertura de uma pequena parte do quarto pedaço.

Quando voltava para casa, de carro, percebi que deveria ter pedido uma Coca Cola ao invés do segundo chopp, já que as fartas pizzas do Parola lembram as antigas pizzas do Pizzaiolo. E eu teria evitado aquela sensação do tipo “onde eu coloco à pizza?”.