05 de outubro – Pastelaria da Ângela

DSC05589reduzida

Como nas praças de alimentação dos Shoppings, a Pastelaria da Ângela comunga o espaço na calçada com o Bar e Restaurante da Regina. Fazem uma, para ficar com uma palavra moderna, sinergia. Quer dizer a Regina vende a cerveja e a Ângela os pastéis, otimiza-se o trabalho e os lucros e ficamos todos, empresários e clientes, satisfeitos.

Enquanto aguardávamos a apresentação circense da Cia Candongas, que comemorava seus quinze anos de existência – tínhamos chegado com 45 minutos de antecedência com medo de faltar lugar – nos sentamos neste espaço mútuo, para as primeiras cervejas e pastéis.

Quando a Ângela nos respondeu que o estabelecimento dela ainda não tinha nome por ter sido recentemente inaugurado, Marcos determinou “Então o nome é Pastelaria da Ângela”, ficou sendo e é motivo por ter sido escolhido para titular este texto. Como ela vende pastéis e temperos, aqueles são servidos quentes e bem temperados. Comi e repeti um de queijo com manjericão que Gabriel não gostou; preferiu o simples.

Gabriel fez muito sucesso com a Regina depois que lhe explicou o motivo de sua cabeça raspada: piolhos. E ela enchia o, já então, Piolho de abraços, apertando seu rosto contra os fartos seios dela e Marcos teve que ouvir a história completa do primeiro filho dela, que vou resumir.

Nasceu com a cabeça grande e com o corpo muito magro. Até os três anos de idade não falava nem andava, só gostava de ouvir um radinho de pilha. Todos diziam que era muito feio, mas ela, mãe, não achava. Levaram, em penitência, para Roças Grandes, a pé. Chegando dentro da igreja ele começou, lá mesmo, a caminhar e falar. Tornou-se uma pessoa muito bem sucedida que até casa nova já fez pra ela.

O Piolho ficou sem serviço desta vez, já o lugar ainda não serve Petit Gateau. E ele estava preparado com seus vintão no bolso.

E foi despedindo dos proprietários e dos vizinhos de mesa e prometendo voltar em breve que fomos embora da esquina formada pela Rua Manoel Passos com Avenida Cachoeirinha.

Vocês estão pensando o quê? Não é nada fácil, assistir um circo de família num galpão na Cachoeirinha, comer dois pastéis, tomar uma cerveja e transformar isto em um texto que tem pretensão de virar livro, no futuro.

Anúncios

Uma resposta para “05 de outubro – Pastelaria da Ângela

  1. Olha o jeitão de Borges do Gabriel!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s