28/4/10 – Ristorante Maurizio Gallo

Já não tenho idade, nem saúde e muito menos saco para enfrentar fila, mesmo que seja fila em butecos. Por isso tenho permnecido loge dos bares participantes do Comota di Buteco 2010 e vou deixar para conhecer os pratos com jiló quando estiverem vazios, bem depois deste período da promoção.

Em busca de algo novo aceitei a sugestão da revista Verdemar deste mes e fui conhecer o Maurizio Gallo – vou morrer com trauma até hoje desses dois eles – na Avenida Senhora do Carmo 860, tel 2555-5432, que funciona em um espaço onde, durante muitos anos, funcionou uma loja que alugava materiais para festa.

Restaurante novo – apenas um ano na praça – apertadinho, com presença do simpático dono que ajuda nos pedidos indicando o que considera melhor e desaconselhando também o que entende não atender aos gostos dos seus fregueses.

Escolhi o Spartelli ao Forno Recheados (enroladinhos de presunto, muçarela, macarrão cabelo de anjo, castanha de caju, molho de tomate pelado italiano com manjericão e parmesão) buscando uma receita desconhecida, já que o preço de R$20,00 não assutava. A pequena porção servida em um pratinho alongado me agradou; meu problema continua a quantidade de sal que sempre é maior que a que desejo.

Os colegas de mesa optaram por Cordeiro Toscano e Fagottini de Damasco com Abacaxi, pratos individuais na mesma faixa de preço e que recebeu aprovação de todos. É o que se pode se chamar de restaurante bom e barato; você tem a perfeita sensação de um restaurante (espaço, requinte e qualidade) pagando preço de self-service.

O Maurizio mantém um serviço de entrega em casa de pratos com variedade superior aos que constam no cardápio e preço inferior, como massas e biscoitos artesanais da sua própria marca.

Pedimos uma VMBeer e o o Maurizio disse que estava em falta pois o fabricante da cerveja bebia quase toda a cerveja que ele próprio fornecia. Dali mesmo telefonamos para o Alfredo e ele logo chegou com um engradado da sua nova receita, o Suquinho de Jiló. A cerveja justifica o nome, nunca tinha bebido uma cerveja tão amarga, sem no entando se transformar em cerveja ruim. Até eu que gosto de tipos mais doces gostei do amargo que permanece na boca depois de engulida.

Quem não tem petiscos de jilo, contenta-se com suquinho de jiló.

Anúncios

2 Respostas para “28/4/10 – Ristorante Maurizio Gallo

  1. Também decidi experimentar algo novo e escolhi o restaurante do Maurizio Gallo. Realmente vale a pena, tudo bem aconchegante e a comida é deliciosa, os vinhos italianos muito bons para acompanhar os seus pratos bem característicos e a melhor supresa é a conta no final do jantar, nem um pouco salgada. Vale a pena conferir mesmo! Já virei cliente habitual. Obrigada pela dica!

  2. augustonobuteco

    Susy,
    ótimo que gostou. Ás vezes deu umas escorregadas; acho bom o que é ruim e ruim o que é bom porque não sou um gourmet. Gosto mesmo é de butecar e escrever.
    Um abraço,
    Augusto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s