16/10/10 – Bartiquim

Depois de uma manhã intensa de bandeiragem e carreata na Savassi e na Praça Sete aceitei o convite da Juliana e fui todo pimpão ao desconhecido Bar do Bolinha no Santa Tereza. O bobão aqui não sabia que este nome é, na verdade, o apelido carinhoso do já tradicional Bartiquim, localizado no número 74 da Rua Silvianópolis naquele bairro. Além de contrapor ao seu xará no aumentativo, o apelido refere-se ao simpático proprietário – que a tudo acompanha e vê – Rômulo Silva.

O Rômulo além de ver tudo que ocorre nas mesas da calçada faz questão de preparar pessoalmente os pratos que receberam premiações nos Comida di Buteco destes anos todos e mereceram também indicações de revistas especializadas. O cardápio é muito variado e está mais para os cardápios dos bons restaurantes que para cardápios dos antigos botequins da cidade. Este bar tem que estar na lista dos grandes butecos de Beagá.

Foi nesse cardápio – com letras minúsculas que precisa urgentemente se adequar às nossas vistas cansadas – que encontramos o “Bão Tamém” (costelinha à passarinho com farofa de jiló e molho a tangerina a R$21,50) do Comida di Buteco de 2007, o Risoto à Moda Bartiquim (riso com arroz de festa a R$25,00) e Jiló Empanado com Parmesão a R$12,50. Tudo regado a muita cerveja Original a R$4,50.

O Daniel e a Tetê que sempre responde afirmativamente à pergunta feita pelo Chico “Mora no Bairro?, apareceram no final para nos entregar e pintar – ali mesmo nas mesas do bar – mais algumas camisetas que usaremos no abraço na Contorno no próximo sábado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s