24/12/10 – Outback Steakhouse

Com o espírito natalino – fartura e gastança – impregnado até embaixo das unhas não poderia deixar de ir a um shopping. Já tinha ouvido falar maravilhas da cebola e da costela do Outback Steakhouse no Pátio Savassi e o momento era esse.

Achei o ambiente muito escuro para um fast-food. A iluminação estava mais para restaurantes finos, para encontros íntimos. Tenho que explicar porque o chamei de fast-food; é pela rapidez dos serviços, pela pouca idade dos garçons e rapidez no atendimento, por aquela atitude bem característica dos funcionários  dessas franquias norteamericanas de fastfood.

Senti esta carcaterística também pelo fato de servirem refrigerantes de máquina com canudinhos e cobrarem R$5,85 por pessoa sem limitação no consumo.

Além da iluminação e do tipo de serviço incomodei-me também com a estratégia de venda de servirem chopp da Brahma apenas em recipentes com 340 ml (R$7,45) obrigando-nos a beber muito rápido para não esquentar. Encaminhei, de sacanagem, pelo garçon, a minha sugestão à casa de servir em taças menores. Quem é que vai adotar idéias que levem a menores lucros?

Como éramos três pessoas pedimos três pratos: a enorme  cebola a milanesa (R$24,75), a costela ao molho de barbecue com fritas (R$39,90) – que com uma porção de arroz serve duas pessoas – e uma truta grelhada e temperada com ervas e arroz (R$34,00). Estava tudo muito saboroso. A costela de tão bem feita, não merecia estar escondida embaixo de tanto molho barbecue (penso que os australianos gostam demais desse molho). O fato de ter sobrado a truta quase inteira não era um indicativo de eventual falta de qualidade dela e sim da pouca quantidade que nós três somos capazes de consumir.

É difícil evitar os excessos no Natal, ainda mais quando o garçom informa que a costela servia apenas uma pessoa e, principalmente, quando estou acompanhada da minha mulher que gosta de se levantar da mesa com os pratos cheios. Para ajudar a sobrar os pratos principais serviram, de graça, uma deliciosa entrada (pão com patê).

Estraga muito o meu humor levantar de uma mesa de um restaurante e deixar uma truta quase inteira com a qualidade e preço daquela. Ah! Que saudades dos butecos onde pedimos uma porção extra de pãezinos para limpar o molho das porções de línguas e carnes de panela!

Anúncios

3 Respostas para “24/12/10 – Outback Steakhouse

  1. Boa Tarde Augusto,
    o pão de mel que é servido como entrada, é acompanhado por uma manteiga da casa, não um patê.
    Adoro seu blog.
    Att,
    Luana

  2. Paula Gabriele

    O Outback é maravilhoso, quero muito voltar la!!

  3. E você é muito fresco por sinal ! Reclamando de fartura, quando você paga e vem pouca comida deve reclamar né?! O lugar é maravilhoso, atendimento rápido e eficiente, a comida perfeita !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s