Bar Beija-flor – 17/5/12

Os preços das cervejas afixados na parede – parecem foto antiga – são para atrair fregueses, aquela população de operários que mora na redondezas e atrae outra população de mulheres em busca de um casamento ou um corte de cetim.  O triste e acabrunhado beija-flor na placa se contrapõe com o clima de entusiasmo que contagia, inclusive as crianças que correm por entre as mesas, ao escapulirem dos colos das mães.

A fama de que é preciso chegar cedo para não perder a feijoada nas quintas-feiras já ultrapassou as fronteiras da cidade e é possível entender logo que se chega lá, porque o interior do Bar Beija-flor está cheio, as duas mesas de sinuca ocupadas, a frente da máquina que toca música está congestionada com fregueses querendo escolher suas músicas que toca em volume acima do recomendado, quase não sobra lugar algum nas mesas da calçada que são abrigadas por uma marquise feita em reforma recente.

O proprietário passa pelas mesas rápido para fazer alguma brincadeira e logo corre para trás do balcão buscando atender algum pedido que é anotado à mão em um caderno, previamente esquadrinhado por mesa.

Cheguei à Rua Professor Paixão 78 (8502-8674) em São Brás do Suaçui, depois de percorrer mais um quilômetro em uma rua perpendicular à rua principal (e eu que achava que São Brás era só uma rua!) um pouco atrasado mas a tempo de provar de uma feijoada que desejei durante uma semana.

A fama de ser bastante light ficou prejudicada porque veio com generosos pedaços de gordura; acredito que peguei o final da panela.

Fiz questão de comer essa feijoada, que é servida em formato de PF, sem pimenta. E olhe que ela é acompanhada apenas por arroz e couve picada bem fina e crua (farinha e pimenta disponíveis na mesas) e é vendida por  R$6,00. Ao final da ação, que resolvi rapidamente e de onde sobrou apenas as partes gordurosas, fiquei no dilema de repetir ou não. O sabor simples, carregado de odores e sabores de um lugar que ficou longe, pedia a segunda porção, mas disputei com a minha fome de duas porções e preferi não repetir para manter o encanto.

Preferi uma coxa de frango que estava no mostrador e apesar de fria, não decepcionou. Arrisquei em uma porção de pertences (também conhecida como trupico) e me dei mal.  A panela já estava prá lá do fim.

Não é o caso de ninguém sair de BH para aproveitar os preços da cerveja e a qualidade da feijoada, mas é o caso de dar uma parada na estrada se estiver indo para Tiradentes, numa quinta-feira à noite.

Anúncios

4 Respostas para “Bar Beija-flor – 17/5/12

  1. Guilherme Adolfo

    Bons tempos que pagava esses valores. Bem que não posso reclamar, pois acho o preço junto do litrão aqui no bairro Esplanada, R$4,00 pra levar.

  2. Paula Gabriele

    Olá Augusto,

    Muito tempo que eu não passava por aqui. Você já ouviu falar em um novo restaurante chamado Vivace Risoto, Massa e Vinho no Bairro Jaraguá? Caso tenha ido conte sua experiência. Vou conhecer a casa na próxima quarta-feira, comprei uns cupons para um festival do risoto que vai ter la, passo aqui na quinta para contar! Abraços!

  3. Também achava que São Brás só tinha uma rua. Vou experiementar essa feijoada quando tiver passndo por ali.
    Abraços

  4. augustonobuteco

    Paula,
    fui lá hoje – 27/5 – e no meio dessa semana solto as impressões.
    Um abraço e obrigado pela dica.
    Um abraço,
    Augusto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s