Namastê – 15/08/12

 

A filha do Bhagwan Sinh, a chef Rukamini Keintura, trabalhou 12 anos com o pai em BH e outros países, aprendeu português direitinho, casou-se com um indiano e montou o seu próprio restaurante na Avenida Francisco Sá, 355, Prado, deu-lhe o nome de Namastê e agora atende de segunda a segunda, das 12 às 16:30 para almoço e para jantar das 19 às 24 horas.

 

O local abriga apenas uns 50 assentos e, por isso, oferecem 3 números de telefone (3567-5200, 9279-9999 e 9350-4480) para as reservas. Quando estive lá estava com mais de 80% de ocupação.

 

A alta qualidade dos pães produzidos no Forno Tandoor (Til Naan com gergelin ou o Garlic Naan com alho e manteiga a R$5 cada) e os saborosíssimos chutttneys, também a R$5 os três, de tamarindo com rapadura, mamão e coentro com hortelã me entretiveram por mais de meia hora, enquanto tentava encontrar cada sabor naquelas receitas engenhosamente preparadas.

 

Segui, ainda, a dica das revistas especializadas e pedi, como prato principal, o Murg Kolhapui (cubos de frango com pimentão, batata e cebola em molho bem picante) que, por R$30 teve que ser acompanhado por arroz temperado com especiarias (R$8) e ajudava a suportar a forte picância do prato principal.

 

Acertei também quando pedi um Lassi de Manga (R$6), bebida à base de iogurte que, junto com o arroz, nos permitia continuar desfrutando, sem lágrimas, os fortes temperos dessa cozinha com tantos aromas e sabores. Para completar o festival de delícias veio o Kheer (R$6,5), um arroz doce com pouco açúcar e perfume de rosas.

 

O cardápio é muito variado; tem cordeiro, camarão, peixes e pratos vegetarianos e tantas outras coisas com nomes tão exóticos que precisaremos de diversas idas para desvendar todo o mistério dessa curiosíssima culinária.

 

Dica: não deixem de conhecer esse lugar que apresenta uma culinária de primeiríssima (tive que abusar dos superlativos) qualidade e cobra preços de buteco.

Anúncios

4 Respostas para “Namastê – 15/08/12

  1. Augusto, segui sua sugestão e fui lá hoje pro almoço de domingo. Realmente valeu muita a pena, é só ter em mente que os sabores, a comida compensam o atendimento que estava um pouco lento (até pela casa mais cheia). É lugar pra voltar mesmo.

  2. Salve salve, Augusto!

    Presumo que eu tenha lhe visto, na Francisco Sá, no dia em que fez a visita ao Namastê. Estava bebericando umas latas de Brahma morna no “BH é Bar”, quando lhe vi caminhando a passos rápidos, ao lado da esposa. Presumi que ficaria por ali, mas como vejo, estava de passagem rumo ao indiano. Fez bem, pois as filas para beber e comer eram assustadoras.

    PS: Já tenho listado uns dez bares para o CdB Genérico, mas talvez seja oportuno aguardar o 07 de outubro (ou 15 de novembro) para voltar a este assunto, estou correto?

    Um grande abraço!

  3. MARCELO BRANDÃO

    Olá, Augusto! Inicialmente, congratulações pelo BLOG, pois, já neste primeiro acesso, o neófito aqui pode perceber a qualidade e a variedade das matérias postadas. Sobre o Namastê, fui visitá-lo logo que abriu e também aprovei o custo/benefício da comida indiana servida. Recentemente, comentei no BLOG DO GIRÃO que BH está se tornando um polo de restaurantes indianos, e, curiosamente, arrisco dizer que a qualidade dos pães feitos em forno Tandoor do Namastê e também do Bhagwan é um diferencial. Para se ter uma idéia, recentemente estive em Porto Alegre e visitei o SHARIN, um “indiano gaúcho”, se é que podemos chamá-lo assim, casa que, inclusive, faz parte da BOA LEMBRANÇA, e, apesar da ótima comida, os pães indianos servidos não estavam tão bons quanto os daqui. Minha esposa até me disse que eu estava sendo exigente demais, mas a verdade é que fiquei mal acostumado em BH. Cordial abraço, Marcelo Brandão.

  4. augustonobuteco

    Marcelo,
    obrigado pelo acesso e pelos comentários. Estamos aí firmes, segurando essa onda.
    Um abraço,
    Augusto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s