Imagem

Oroboro – 29/10/12

Fazia muito calor quando fui almoçar nesse domingo no Restaurante Oroboro, situado em uma casa antiga (1951) na Rua Monte Sião, 43, Serra, que abre suas portas de quinta a domingo, para happy hours a partir das 18 horas e propõe slow food aos clientes, com direito a reservas pelo telefone 3547-7365.

Tentamos uma mesa no que foi anteriormente uma garagem, nos fundos da casa, sob um guarda-sol, imaginando que uma brisa refrescante pudesse tornar o clima mais ameno. O solícito garçom fechou o guarda-sol quando o sol já não incindia sobre o mesmo (o guarda-sol) e a presença dele (de novo do guarda-sole não do garçom) abafava os ambiente sob ele (também o guarda-sol). Tudo isso adiantou pouco pois o sol que batia no chão de pedras refletia, com muita intensidade, sobre nós.

A solução foi ocupar uma das mesas do interior da casa. Nunca vou me esquecer de quanto calor fazia nesse domingo pela falta de vento na cidade e pela falta de ar condicionado no restaurante. Fiquei com vontade de ser uma garrafa de vinho e poder estar na adega climatizada do restaurante, mas espero que ar condicionado seja uma das próximas aquisições do estabelecimento.

No meio dessa questão aprendi, com a minha assessora para assuntos gastronômicos, o que significava o restaurante ter uma Cozinha Contemporânea de Autor. Passo pra frente: significa que o chef e proprietário Rommel Couy, que dirigiu o Jerimum, em Macacos, desde 96, constrói novas receitas para os pratos clássicos das cozinhas brasileira, asiática e mediterrânea.

Recebi a minha individual Paella de Frutos do Mar (R$48), farta, na qual os frutos do mar não eram meros coadjuvantes, ocupavam papeis principais. Outras dois Spaguettis ao Curry Verde Tailândes (R$43) mereceram elogios. Era tanta qualidade dos pratos que nem mesmo o incômodo calor conseguia estragar. O mesmo não aconteceu, entretanto, com a avaliação severa da assessora para o Spaguetti Mediterrâneo de Camarão (R$49).

Só espero que a minha memória guarde mais a qualidade dos pratos que a temperatura do ambiente. Ah! O restaurante tem um cardápio muito bonito, merecedor da minha coleção.

Anúncios

2 Respostas para “Oroboro – 29/10/12

  1. MARCELO BRANDÃO

    Oi, Augusto! Suas informações tornaram o OROBORO merecedor de uma visita. Eu não o conheço ainda, mas agora fiquei tentado. Em breve darei uma conferida. Mas me diga uma coisa: e essa curiosa foto que você tirou? Confesso que comi mosca no conteúdo da imagem… Perdoe-me a ignorância, mas o que é afinal? Abraços, Marcelo Brandão.

  2. augustonobuteco

    Marcelo,
    é uma imagem deitada. E para complicar ela está refletida no espelho, ficando duplicada. Mas são saboneteiras.
    Um abraço,
    Augusto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s