Imagem

Piu Braziliano

Piu Braziliano

24/12/13

Aceitei a sugestão de não sei quem e fui ao Piu Braziliano do Buritis almoçar, nesse Buritis que tem a maior cara de outra cidade e não de um bairro. Lembro-me do garçon falando de outra unidade.

Pensando que tinham apenas o serviço self service, iniciamos por essa modalidade, a preços de R$3,59 de segunda a sexta, R$4,59 aos sábados domingos e feriados, sobremesa a R$4,29 e porções de tira-gosto a R$5,89. Muito honesto é daqueles self services que se prefere ao pagar o mesmo valor pelos pratos a la carte e são oferecidos das 11 às 15 horas.

Acho justo, mas acho também muito complicado estabelecer essa diferença entre refeição normal e tira-gosto, apesar da definição estabelecida na placa que os “pratos que não tem guarnição” são considerados tira-gosto. Todos os honestos sabem o que isso quer dizer, mas pergunto se uma folha de alface transforma uma porção de tira gosto em uma refeição. Penso que solucionam isso deixando os chatos pagarem o que quiserem.

Como eu não estava com pressa abri a carta de cerveja e descobri que não era apenas um self service pela variedade cervejas da carta. Uma Norteña uruguaia de litro (R$16,90) e uma Stout da Baden Baden de 500 ml (R$19,90) foram convidadas a participar. Eu poderia ter bebidos boas cervejas nacionais (Brahma Extra, Serra Malte, Heinecken, Budweiser ou Original) a R$7,90 ou mesmo a Bohemia Escura por R$8,40, ou a Paulistânia Lager Premium a R$9,90 ou ainda a Theresópolis Gold a R$10,90, tudo na versão 600 ml.

Fiz a opção por uma meia porção de Mexidão Piu (R$17,90) quando vi passar a versão Mexidão Piu turbinado, que custa R$21,90, e vem acompanhado de um bife de lombo ou frango e um ovo estalado, pensando porque fazia isso se tinha quase tudo disponível na mesa de serf service. Mas não é a mesma coisa, sente-se a diferença na temperatura quando um prato é preparado naquele instante; nesse caso é servido na própria frigideira onde foi preparado. Cobra-se R$26,90 e R$30,90 para as versões inteiras desses pratos.

Ficou faltando experimentar a parte “bar”, assunto que ficou resolvido quando li hoje pela manhã a postagem do Pedrão de Castro no Kekanto. Ele diz que não é tarefa fácil escolher um bom petisco pela variedade do cardápio. Salientou o bom atendimento – que eu já tinha percebido – e a rapidez no atendimento. E elogiou o queijo pachá (meia porção a R$15), o filé parmegiana a palito, porção mais pedida por R$31 a meia porção. Pedrão escreveu, eu assino embaixo.

Rua Mario Werneck 1441 – Buritis – Tel: 2526-8283               Funciona todos os dias da semana das a partir do meio-dia até às 15 na segunda e até o fim da noite nos outros dias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s