29/6/10 – Barracão Butiquim

Achei mais um. Mais um bar instalado em quintal da casa. E foi pelas mãos da Sarah, ou melhor, foi pelas teclas do acordeom dela, que cheguei ao Barracão Botequim, que funciona na casa 438, da Rua Antonio Justino, no bairro Pompéia. Bairro tão tranqüilo e calmo que é obrigado a exigir silêncio dos freqüentadores, mesmo em caso de mordida de cobra.

Funciona a três anos neste local, de terça a sexta das 19 à meia-noite, sábado a partir das 14 horas e domingo para almoço das 12 às 18 horas com reservas podendo ser feita pelo telefone 3481-0624 e 8835-3627. A programação artística pode ser acompanhada pelo www.barracaobutiquim.blogspot.com.

Um dos prazeres oferecidos foi escutar o acordeon da Sarah –  musicista com formação acadêmica e professora deste instrumento no Minueto –  tocar com a alma os tangos de Gardel, Piazzolla, o baião de Luiz Gonzaga e Tom Jobim. Quem quiser o Bachião, mistura de Bach e Baião, pode fazê-lo pelo www.myspace.com/sarahassis.

Outro prazer foi com a gastronomia. Nunca tinha comido um rostie, prazo tradicional da culinária suíça. É feito com batata crua ralada que é recheada com outros ingredientes (a minha era com alho poró e bacon, R$27,00) e fritada e servida como se fosse uma panqueca. Um creme acompanha o recheio que o João, proprietário, não quis revelar.

Fui embora com duas certezas: ainda vou ouvir Sarah muitas vezes e ainda vou comer outros rosties no Barracão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s